O que é dermatofuncional?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

dermatofuncional

A população está cada vez mais em busca de melhorar a aparência. Mas não somente isso. O que muitos procuram é fazer as pazes com o espelho, aliando o fato ao bem estar físico e emocional. Não à toa a busca por procedimentos não cirúrgicos cresce constantemente.

É exatamente com este conceito que os profissionais da dermatofuncionalcampo da fisioterapia trabalham. Reconhecida em 2009 pelo Conselho Federal de Fisioterapia, a especialidade permite a atuação em procedimentos estéticos corporais e faciais, preocupando-se em melhorar a função do sistema tegumentar (conjunto de estruturas da pele).

O que faz um profissional da dermatofuncional

Os profissionais que optam por seguir a carreira em fisioterapia dermatofuncional estão aptos para realizar uma série de procedimentos com o intuito de melhorar também as funções dos tecidos, restaurando sua aparência, de acordo com os anseios do paciente.

Sendo assim podem realizar técnicas manuais como a drenagem linfática e liberação tecidual funcional e usar recursos eletroestéticos como radiofrequência, ultracavitação, ultrassom, criolipólise, laser, carboxiterapia e as formas de aplicação.

Os fisioterapeutas especializados em dermatofuncional também estão aptos a realizar atendimento funcional do paciente oncológico e queimados, com atenção à reabilitação tecidual, vascular, estética e motora e tratamentos pós-operatórios de cirurgias plásticas corporais e faciais.

Ele também identifica disfunções estéticas faciais e corporais e pode recomendar cosméticos para tratamento home care, bem como aplicar de maneira segura e eficiente, todos os tipos de ativos e peelings profissionais.

dermatofuncional

O que é preciso para se tornar um especialista na área

A primeira medida é fazer uma pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional. É a partir dessa formação que serão permitidas a realização dos procedimentos descritos anteriormente.

Para fazer a especialização os pré-requisitos são a conclusão do curso de graduação em fisioterapia. Depois também será necessário requisitar a habilitação no Conselho Regional de Fisioterapia do estado em que for atuar.

É importante destacar que a formação precisa ser feita em uma instituição de ensino de referência na qual o aluno saia realmente preparado para lidar com a realidade do mercado, propiciando atendimento de qualidade e com segurança.

Como encontrar uma boa instituição de ensino

Como a formação é um ponto muito importante para quem deseja seguir na fisioterapia dermatofuncional para encontrar uma escola que propicie conteúdos de qualidade, corpo docente capacitado e estrutura adequada será necessário pesquisar.

Em uma busca rápida pela internet já é possível encontrar informações valiosas, Vale também conversar com profissionais que já estudaram no local. Fazer uma visita à instituição é uma ótima opção para verificar de perto tudo o que a escola tem para oferecer.

A área da fisioterapia dermatofuncional é relativamente nova e atende aos anseios da maior parte daqueles que procuram por procedimentos estéticos que melhorem a estética e também propiciem bem-estar físico e emocional. Por isso trata-se de um campo no qual o profissional se atenta às estruturas da pele, melhorando sua função e aparência. Para garantir todo esse conhecimento é importante fazer um curso em instituição de ensino referência.

O nosso artigo sobre a fisioterapia dermatofuncional ajudou a esclarecer as dúvidas sobre o tema? Deixe aqui o seu comentário e sugestões para os próximos textos do blog.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×