Quais habilidades irei desenvolver na pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional

Os fisioterapeutas em busca de boas oportunidades no mercado de trabalho devem saber que fazer uma especialização será um passo importante na direção do sucesso. Uma pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional permitirá ao profissional todo o aprimoramento necessário para que ele se destaque.

Durante o curso, o aluno desenvolverá habilidades essenciais para atuar tanto em procedimentos estéticos corporais e faciais como também no pós-operatório de cirurgias plásticas reparadoras ou estéticas. Confira a seguir mais informações sobre o assunto:

O curso de dermatofuncional

Com duração de 476 horas, a pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional traz todo o aprimoramento necessário para que o fisioterapeuta consiga desenvolver tanto as atividades relacionadas com a reabilitação como procedimentos estéticos.

O curso é dividido em núcleos que contam com disciplinas consideradas essenciais e um pouco mais gerais, entre outras específicas da área. Há também atendimento ao público para que os alunos vivenciem práticas importantes da especialização.

Sendo assim, essa é uma pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional no formato presencial, o que será fundamental para a formação de qualidade.

As habilidades desenvolvidas na pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional

No decorrer da pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional o aluno terá a chance de desenvolver habilidades importantíssimas para o exercício profissional seguro, ético e com maiores probabilidades de resultados positivos.

pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional

Aprenderá desde a realização de técnicas e uso de equipamentos até conceitos importantes para que consiga gerir uma clínica ou empreender no setor. Entre as principais habilidades a serem desenvolvidas estão:

  • Atuação responsável como técnico, consultor, auditor ou perito em clínicas e centros de estética;
  • Realização de atendimento funcional do paciente oncológico e queimados, com atenção à reabilitação tecidual, vascular, estética e motora;
  • Realização de diversas técnicas manuais a exemplo da drenagem linfática e da liberação tecidual funcional;
  • Realização dos tratamentos pós-operatórios de cirurgias plásticas;
  • Identificação das disfunções estéticas faciais e corporais;
  • Domínio do uso de recursos eletroestéticos a exemplo da radiofrequência, ultracavitação, ultrassom, criolipólise, laser, carboxiterapia e as formas de aplicação;
  • Recomendação de cosméticos para tratamento em casa (home care), bem como aplicar de forma eficaz e segura todos os tipos de ativos e peelings profissionais.

Para o desenvolvimento de todas essas habilidades que são essenciais para o dia a dia profissional os alunos contarão com professores capacitados e experientes no mercado, bem como material didático formulado pelas maiores referências no assunto.

Um curso em instituição de ensino de referência

Para fazer uma pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional de qualidade e que realmente acrescente no currículo é importante buscar uma instituição de ensino de referência.

Sendo assim, a dica é pesquisar antes de fazer a matrícula, analisando todos os quesitos importantes citados acima, como corpo docente, grade curricular e infraestrutura. O tempo de mercado também deve ser levado em consideração, pois as escolas sem qualidade dificilmente se sustentam por muito tempo.

A pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional é uma excelente oportunidade para o profissional da fisioterapia conquistar o sucesso. Durante o curso, terá a chance de desenvolver habilidades essenciais que vão desde a realização de procedimentos e indicação de cosméticos até administração de uma clínica de estética. Para tanto, é importante buscar uma instituição de ensino de referência e assim obter aquele diferencial no currículo.

O nosso artigo sobre a pós-graduação em fisioterapia dermatofuncional ajudou a entender melhor o assunto? Conte o que achou e também dê outras sugestões de tema para abordarmos aqui no blog.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×