Pós-Graduação Lato Sensu

Lista de perguntas com as respostas abaixo:

Não. De acordo com o MEC, Resolução CNE/CES nº 1, de 8 de junho de 2007, para se matricular no curso de Pós-Graduação Lato Sensu, é necessário ter concluído a graduação.

As Especializações (Pós-Graduações) Lato Sensu não se submetem à avaliação sistemática da Capes, pois a Capes lida, exclusivamente, com pós-graduação stricto sensu, ou seja, mestrado e doutorado.

A pós-graduação stricto sensu confere grau acadêmico (e título de mestre ou doutor), e a especialização concede certificado.

No Brasil existem dois tipos de pós-graduação:

Lato sensu (conhecida como especialização ou MBA)

Designa todo e qualquer curso que se segue à graduação para especialização e aperfeiçoamento.

Tem objetivo técnico profissional específico sem abranger o campo total do saber em que se insere a especialidade.

São cursos destinados ao treinamento nas partes de que se compõe um ramo profissional ou científico. Sua meta é o domínio científico e técnico de certa e limitada área do saber ou da profissão, para formar o profissional especializado.

Carga horária mínima obrigatória para os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu: 360 horas

 

 

Stricto sensu (que abrange os cursos de mestrado e doutorado)

É um ciclo de cursos regulares em segmento à graduação, sistematicamente organizados, visando desenvolver e aprofundar a formação adquirida na graduação e conduzindo à obtenção de grau acadêmico.

Se subdivide em dois ciclos: mestrado e doutorado. Ambas compreendem a definição de pós-graduação stricto sensu, com a diferença no grau de profundidade dedicado ao estudo do objeto de pesquisa.

 

Embora representem um escalonamento, esses cursos podem ser considerados relativamente autônomos. Isto é, para fazer o doutorado, não é exigido que o aluno tenha feito mestrado e, para fazer mestrado, não é exigido que tenha feito especialização lato-sensu.

Os cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu presenciais, oferecidos por instituições de ensino superior, independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento e devem atender ao disposto na Resolução CNE/CES nº 1, de 8 de junho de 2007, e somente podem ser oferecidos por instituições de ensino superior já credenciadas, e que possuem competência, experiência e capacidade instalada.

 

As Instituições de Educação Superior credenciadas, podem ser consultadas através do site do MEC: http://emec.mec.gov.br

Todas as instituições de ensino superior credenciadas podem também oferecer cursos de Especialização Lato Sensu, sem prévia autorização nem posterior reconhecimento, nas áreas em que atuam no ensino de graduação.

 

Caso queira conferir o registro da FMS no site do MEC, acesse: http://emec.mec.gov.br/emec/consulta-cadastro/detalhamento/d96957f455f6405d14c6542552b0f6eb/MzYxOA

 

*A FMS é um estabelecimento de ensino superior que está integrado no Grupo Lusófona, o maior grupo de ensino superior de língua portuguesa, com sede em Lisboa, Portugal, e com estabelecimentos de ensino em Lisboa, Porto, Portimão, Marinha Grande, Torres Vedras, Rio de Janeiro, Guiné Bissau, Cabo Verde e Moçambique.