Em quais áreas um profissional de biomedicina pode atuar dentro de estética?

biomedicina

Você já é graduado em biomedicina e está pensando em se especializar na biomedicina estética? Conheça a seguir as diferentes áreas de atuação que você poderá trabalhar ao se especializar no segmento de estética.

O que é biomedicina estética?

Após finalizar a graduação em biomedicina, o profissional já formado possui diferentes ramos de atuação para seguir, sendo um deles a biomedicina estética.

A biomedicina estética é uma área de atuação em que o profissional se especializa para lidar com diferentes procedimentos estéticos, que demandem habilidade e conhecimento por serem delicados e invasivos.

Esse profissional se qualifica para exercer esse tipo de atividade por já possuir um grande conhecimento sobre a derme e seus anexos, bem como os demais tecidos do corpo humano.

A biomedicina estética também é responsável pelos tratamentos preventivos do envelhecimento fisiológico do organismo e disfunções estéticas faciais ou corporais, sempre se atentando para a saúde e bem-estar do paciente.

Em quais áreas da biomedicina estética o profissional pode atuar?

Após concluir devidamente sua especialização em biomedicina estética, o profissional estará habilitado para atuar realizando os seguintes procedimentos:

  1. Laserterapia;
  2. Laser fracionado;
  3. Carboxiterapia;
  4. Intradermoterapia;
  5. Radiofrequência estética;
  6. Ultrassom focalizado;
  7. Luz intensa pulsada e LED;
  8. Procedimentos invasivos não cirúrgicos;
  9. Classificação da pele;
  10. Definição de tratamento;
  11. Responsável técnico da clínica estética.

biomedicina

Na biomedicina estética o profissional torna-se habilitado para realizar procedimentos invasivos não cirúrgicos como, por exemplo:

  • Aplicação de toxina;
  • Preenchimentos na derme;
  • Microagulhamento;
  • Procedimentos intradermatológicos;
  • Aplicação de lasers e demais biotecnologias de alta potência, que auxiliam nos tratamentos estéticos.

O que é preciso fazer para atuar na biomedicina estética?

Se você ficou interessado em se aprofundar na área de biomedicina estética, vai precisar se atualizar, realizando uma pós-graduação na área ou outra especialização que possua uma carga horária de no mínimo 360 horas, conforme regulamentado pelo Ministério da Educação (MEC) ou certificado pela CAPES — Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior.

Além de se qualificar para atuar na área de biomedicina estética, ao realizar uma pós-graduação você fica inteirado das melhores práticas e procedimentos adotados pelo mercado, oferecendo tratamentos de qualidade e modernos para os clientes, que estão sempre ávidos por novidades e resultados expressivos.

Outra vantagem de fazer uma especialização é que você amplia sua rede de contatos, tendo mais conexões e pessoas inseridas no mercado de trabalho, que podem auxiliá-lo a encontrar uma posição na qual deseje atuar.

Ao fazer uma pós-graduação para trabalhar com biomedicina estética, você se projeta para o mercado de trabalho, diferenciando-se dos demais profissionais e aumentando suas chances de conseguir trabalhar com o que deseja, por ter um conhecimento atualizado e em consonância com as boas práticas adotadas pelo mercado.

Ao decidir por atuar na área de biomedicina estética, você amplia significativamente seu campo de atuação, podendo aumentar suas possibilidades de inserção no mercado de trabalho, bem como aumentar seus rendimentos financeiros.

Achou interessante a área de biomedicina estética? Compartilhe conosco sua opinião deixando seu comentário aqui.

Ficou com alguma dúvida e gostaria de conhecer melhor a pós-graduação em biomedicina estética? Entre em contato conosco! Estamos aqui para auxiliar no seu desenvolvimento profissional.