Pós-Graduação em Fitoterapia Clínica

https://ibeco.com.br/wp-content/uploads/2017/08/capa-curso-fitoterapia-comparceiros.png

Duração
460 horas

Modalidade
Pós-Graduação

Tipo de curso
Presencial

Em uma pesquisa divulgada em 2016, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais (IBPM), o mercado de fitoterápico sobe de 6% a 7% em relação ao mercado farmacêutico e chega a movimentar de 400 a 500 milhões de dólares por ano no Brasil, e até US$ 27 bilhões (equivalente a cerca de 7% do mercado mundial de medicamentos). Este amplo mercado absorve profissionais de saúde no que diz respeito ao conhecimento aprofundado das classes fitoterápicas, permitindo a indicação de uso e prescrição na prática clínica, com notório crescimento e difusão no meio acadêmico e científico, trazendo resultados tão ou mais eficazes que as drogas sintetizadas, o que é de grande importância ao usuário destes medicamentos provenientes de plantas e que geram uma toxicidade incomparavelmente reduzida em relação as classes mais prescritas atualmente.

Consultar Valor

Diferenciais Ibeco

Educação invertida
Material didático feito por especialistas
Trabalho de alunos publicado em mídias

Turmas

Noturna
Data: De 17/09/2018 a 04/11/2019
Horários: Segunda e Terça-feira: 18:45 às 22:45h
Local: Rua Loefgreen, 1400 - Santa Cruz, São Paulo – SP

Quinzenal
Data: De 22/09/2018 a 29/08/2020
Horários: Sábados: 9 às 18h
Local: Rua Loefgreen, 1400 - Santa Cruz, São Paulo – SP

Turmas Noturna e Quinzenal
Até 30/07/18 – 30% desc
Até 03/09/18– 20% desc
a partir de 04/09/18 – Sem desconto

 

* Desconto concedido na matrícula. Consulte regulamento.

Portadores de diploma de graduação (reconhecido pelo Mec) prescritores de fitoterápicos como os profissionais das áreas de Farmácia, Nutrição, Biomedicina, Fisioterapia, Enfermagem, Medicina, Odontologia e Medicina Veterinária. Além de profissionais que atuam na área da saúde e educação como os profissionais das áreas de: Estética, Educação Física, Biologia, Terapeutas Holísticos e gestores na área de fitoterapia.

 

Os profissionais deverão atentar-se que a prescrição dos fitoterápicos é regida pela Legislação de cada Conselho de Classe. Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu ministrados no Ibeco são destinados a alunos concluintes dos cursos de graduação na área da saúde. Compete à Instituição de Ensino a transmissão do conhecimento técnico e científico, para que o discente possa atuar de forma segura e eficiente no mercado de trabalho. É de competência de cada Conselho de Classe, habilitar o profissional de acordo com a sua categoria, isto é, autorizar o profissional inscrito no Conselho a exercer a profissão.

– Reconhecer o(s) mecanismo(s) de ações dos principais fitoterápicos nas diferentes doenças e em outras condições como nas atividades físicas e estética.
– Capacidade de prescrição de fitoterápicos (quando regulamentado pela classe).
– Reconhecer os principais fitoquímicos e seus mecanismos de ações e suas aplicações na saúde e na doença.
– Reconhecer as principais interações entre os fitoterápicos, medicamentos alopáticos e alimentos.
– Realizar a análise crítica da associação entre os fitoterápicos, esses atuando como medicamentos de eleição ou coadjuvantes, e medicamentos alopáticos no tratamento das doenças.

Habilitar os profissionais da área da saúde à utilização segura e eficiente da fitoterapia com intuito na obtenção de ação profilática, no tratamento de doenças, no desempenho das atividades físicas e na estética de forma integrativa. Os conhecimentos terapêuticos, fisiopatológicos e farmacológicos (farmacodinâmica e farmacocinética), permitirá que o aluno atue desde a avaliação, indicação e prescrição do tratamento fitoterápico.

MÓDULO I

 

Introdução à Fitoterapia, Farmacocinética e Farmacodinâmica
Introdução a Fitoterapia – aspectos históricos, usos e aplicações, uso da fitoterapia nas terapias integrativas, conceitos: Droga Vegetal, Planta e fitoterápicos.
Compreensão dos mecanismos básicos da farmacocinética e farmacodinâmica dos diferentes compostos fitoquímicos. Conhecimentos das diversas formas farmacêuticas para fitoterápicos. Como prescrever fitoterápico (receituário). Compreender os mecanismos de ação das espécies reativas (radicais livres), sistemas antioxidantes e antioxidantes no organismo. Legislação de fitoterápicos no Brasil e entre as classes de atuação; fitoterápicos no Sistema único de Saúde (SUS).

 

Interações entre Fitoterápicos X Alimentos X Medicamentos
Compreensão e reconhecimento das mais diversas interações entre fitoterápicos e alimentos; e fitoterápicos e medicamentos. A formação de metabólitos secundários e toxicidade dos fitoterápicos, e como avaliar a qualidade dos insumos fitoterápicos.

 

Fitoterápicos Aplicados no Emagrecimento
Os pilares para o emagrecimento, inclusão dos fitoterápicos como auxiliares nesse processo. Identificar quais os fitoterápicos possuem ação comprovada cientificamente sobre a perda de peso e ganho de massa muscular, como e quando prescrever, quais a principais interações positivas e negativas no uso de fitoterápicos para o emagrecimento e controle do apetite.

 

Fitoterápicos Aplicados na Dermatologia/Fitocosméticos
Avaliar as principais buscas em tratamentos dermatológicos: clareamento, rejuvenescimento, tratamentos acneicos e cicatrizantes entre outros. Estrutura da pele e suas principais características que facilitam a identificação do uso da fitoterapia em condições específicas.
Aprendizado e reconhecimento de fitoterápicos/fitocosméticos utilizados para fins estéticos, conceitos básicos para prescrição e indicação dos fitocosméticos, elaboração correta e adequada da prescrição.

 

Nutracêuticos, Apicoterápicos e Osmologia
A promoção do bem-estar através de produtos que agem de forma funcional e agregam ação extra como aqueles que são nutricionais, mas podem agir como medicamentos ou agregar melhorias como qualidade de vida, por exemplo.
Conhecimentos sobre os nutracêuticos e produtos apicoterápicos e suas principais aplicações, como tirar proveito desses ativos na beleza e na prevenção de doenças. Entender e aplicar os conceitos da osmologia no tratamento de doenças e na estética.

 

 

MÓDULO II

Fitoterapia Aplicada as Doenças Metabólicas
Conhecimento sobre os principais fitoterápicos que contribuam no tratamento principal ou como coadjuvantes de doenças metabólicas como o diabetes, obesidade, doença cardiovasculares, síndrome metabólica, doenças renais, entre outras. Compreender a fisiopatologia das doenças para assim, prescrever o fitoterápico ou fazer associações para obtenção de um resultado eficiente ao tratamento.

 

Fitoterapia e Suplementos Aplicados a Geriatria e Doenças do Sistema Nervoso Central
Conhecimento de fitoterápicos com ações sobre o sistema nervoso central, o papel dos neurotransmissores nas doenças psiquiátricas e a intervenção fitoterápica nesses quadros, bem como nas doenças neurológicas como: Alzheimer, Parkinson, Demência Senil, Transtornos do Espectro Autista – TEA entre outras e doenças psiquiátricas, como ansiedade e depressão. Interação entre fitoterápicos e psicotrópicos, convulsivantes, entre outros, quando e por quanto tempo utilizar fitoterápicos com ação no sistema nervoso central. Processo fisiológico do envelhecimento e a atuação dos fitoterápicos nesse processo contribuindo na qualidade de vida dessa população.

 

Fitoterapia Aplicada ao Sistema Gastrointestinal
Orientações e explicações sobre os mais diversos fitoterápicos utilizados como anti-inflamatórios do trato gastrointestinal, antieméticos, antiácidos e carminativos. Abordar posologia e forma farmacêutica mais utilizadas na prescrição. Além, de interações com medicamentos e alimentos.

 

Fitoterapia Anti-Inflamatória e Analgésica
Compreensão dos conceitos básicos sobre inflamação e analgesia e os mecanismos de ação dos fitoterápicos sobre essas condições. Prescrição de fitoterápicos com efeitos anti-inflamatórios e analgésicos sistêmicos. Formas de prescrição isolados ou associados, formas farmacêuticas e posologias.
Abordagem dos fitoterápicos com ações antimicrobianas e antifúngicas. O uso de fitoterápicos nas afeções do trato geniturinário e as disfunções sexuais.

 

Fitoterapia Aplicada as Doenças Autoimunes e no Câncer
Conhecimento sobre a farmacocinética e farmacodinâmica dos principais fitoterápicos prescritos nas doenças autoimunes e no câncer. Compreensão da fisiopatologia e como prevenir e/ou tratar do câncer e doenças autoimunes e do sistema imunológico, como infecções virais, utilizando-se de fitoterápicos.

 

Etnofarmacologia e PANCS – Plantas Alimentícias Não convencionais
Conceitos básicos sobre a utilização de fármacos tradicionais; e as PANCS como identifica-las, seus efeitos farmacológicos, toxicidade e cultivo.

 

Desenvolvimento de Protocolos Fitoterápicos (Práticas Clínica e Laboratorial)
Aprendizado teórico/ prático da manipulação de fitoterápicos (aulas demonstrativas). Compreensão e aplicação das mais diversas formas farmacêuticas dos fitoterápicos. Elaboração de protocolos de administração de fitoterápicos nas mais diversas doenças.

 

Metodologia da Pesquisa
Orientação sobre as mais diversas bases de dados de pesquisa científica (Pubmed, Scielo, Embase, Web of Science, entre outros).
Pesquisa sobre os conhecimentos comprovados e relevantes na área magistral. Como avaliar os dados apresentados em um artigo científico. Como escrever um artigo pela metodologia Vancouver.

 

OBSERVAÇÕES:

Temas como fitoterápicos para pacientes vegetarianos e veganos serão abordados durante todo o curso.

Todas as disciplinas abordarão fitoterápicos específicos para os diferentes profissionais inscritos no curso. Sendo assim, se houverem dentistas, médicos veterinários, fisioterapeutas e demais profissionais prescritores, haverá direcionamento de conteúdo para esses profissionais.

 

 

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

A entrega das atividades complementares é opcional e adicional na carga horária total do curso, que computa 360 horas. Podem ser obtidas da seguinte forma: congresso como ouvinte, congresso como palestrante, participação em workshops, participação em cursos livres, autor de capítulo de livro, autor de artigos para revistas científicas, autor do blog do IBECO. Deverão obedecer as orientações da coordenação pedagógica, conforme Plano de Curso.
Carga horária das atividades complementares: 100 horas

 

A ementa desse curso pode sofrer alterações, sem que haja prejuízo no aprendizado do aluno.

Todos os materiais utilizados nas aulas práticas possuem registro na ANVISA, sendo reservado ao Ibeco, o direito de alterações na metodologia de ensino, caso haja indisponibilidade desta certificação.

Coordenação Pedagógica Ibeco

 

Maria Helena L. M. Pimenta Rossi
Diretora Acadêmica.
Pós-Graduada em Fisiologia do Exercício pela Universidade Paulista de Medicina UNIFESP, Bióloga, Pedagoga e Esteticista desde 1994. Co-autora do Livro de Eletroterapias – Editora Difusão. Palestrante em diversos Congressos da área da Estética e Medicina Estética.

 

Ana Flavia Marcal Pessoa
Apoio Acadêmico.
Pós-doutorado no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo- USP, iniciando trabalho em pacientes com câncer e caquexia submetidos a exercício físico, afim de avaliar o perfil de células do sistema imunológico no sangue. Doutorado em Ciências (com ênfase em Biologia Celular e Tecidual) pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo- USP. Mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Mato Grosso e  Graduada em Farmácia/Bioquímica pela Universidade de Cuiabá.

 

Fernanda Naomi Villas Bôas Minami
Coordenadora de Pesquisa, Extensão, Inovação e Pós-Graduação.
Pós-graduada em Fisioterapia Dermatofuncional, Graduada em Fisioterapia. Autora do capítulo de Limpeza de Pele Científica no livro “Terapêutica em Estética” de Fabio dos Santos Borges e Flavia Acedo Scorza. Publicação de artigos em revistas de Estética. Docente de cursos livres e de pós-graduação em Estética.

 

Thalyta Ap. Munhóz Cesário
Coordenadora Acadêmica.
Mestre em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo, Pós-Graduada em Biomedicina Estética pelo IBECO, Graduada em Biomedicina pelo Centro Universitário São Camilo. Publicação de trabalhos científicos em periódicos internacionais e nacionais. Palestras e apresentações em Congressos na área de Biomedicina.

 

 

Corpo Docente

 

Confira abaixo alguns professores que fazem parte do corpo docente do Ibeco.

 

Ana Carolina Lima Ralph: Doutorado em Biologia Celular e Tecidual no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, com projeto em andamento sobre microambiente tumoral em células de câncer de mama. Mestrado em Ciências Farmacêuticas e graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Amazonas. Técnica em Química Industrial pelo Instituto Federal do Amazonas.

 

Ana Flavia Marçal: Pós-doutorado no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – USP (2015) iniciando trabalho em pacientes com câncer e caquexia submetidos a exercício físico, afim de avaliar o perfil de células do sistema imunológico no sangue. Mestre em Ciências da Saúde, Graduada em Farmácia/Bioquímica. Experiência nas áreas de biologia celular e tecidual, nutrição e metabolismo, atuando principalmente nos seguintes temas: diabetes, cicatrização de feridas, inflamação, antioxidantes, prenhez, restrição proteica e junções intercelulares.

 

Daiana Vianna: Doutora em Ciências,  Mestre em Ciências dos Alimentos e Graduação em Nutrição. Possui experiência na área de Nutrição com ênfase em Nutrição clínica, esportiva e fitoterápica, atuando principalmente nos seguintes temas: nutrição esportiva, suplementação nutricional e metabolismo e bioquímica de nutrientes e compostos bioativos.

 

Daniela Rodrigues de Oliveira: Graduada em farmácia pela Universidade São Francisco (USF). Doutora em ciências da saúde pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Pós-doutorada em Neurociências e Farmacologia pelo Centro de Plasticidade Sináptica (MRC) da University of Bristol – UK. Pesquisadora associada do Departamento de Patologia da UNIFESP. Atualmente, é pós-doutoranda do Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo/SP e membro da equipe do Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde (Centro Mente Aberta) da UNIFESP. Instrutora em mindfulness em Formação pelo Mente Aberta do Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde da UNIFESP.

 

Flávia Neto de Jesus: Mestre em Farmacologia, Especialista em Engenharia Farmacêutica, Graduada em Farmácia e Bioquímica. Atualmente, realiza doutorado no Instituto de Ciências Biomédicas – USP e possui experiência na área de Farmácia, com ênfase em Farmacologia, atuando principalmente nos seguintes temas: inflamação, óxido nítrico, periodontite experimental, cardiovascular e inflamação em procedimentos estética.

 

Gabriela Virginia Moreira: Pesquisadora pós-doutorado pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – USP onde investiga o papel da microbiota intestinal no metabolismo energético e da regulação da insulina em fisiopatologias como obesidade e diabetes tipo 2. Mestre e Doutora em Ciências – Fisiologia Humana (ICB/USP), com período de Doutorado-sanduiche na Universidade de Yale (USA) e Graduada em Ciências Biológicas (PUCSP). Tem experiência na área de Fisiologia, onde atuou nos seguintes temas: obesidade, diabetes mellitus, fertilidade, dieta hiperlipídica, vias de sinalização da insulina e microbiota intestinal. Fez parte de um dos mais renomados centros mundiais de estudos metabólicos e fenotípico in vivo de camundongos da Universidade de Yale e atualmente está terminando o Curso de Fitoterapia Médica – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP).
http://lattes.cnpq.br/7539324239860645

 

Grazielle Prado Alexandre: Mestre e Doutora na área de Fármacos e Medicamentos pela USP, Graduação em Farmácia Industrial. Experiência em indústrias na área de Controle de Qualidade e Produção.

 

Isabel de Carvalho Jorge: Farmacêutica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas – UNESP;. Cursos na área de Farmácia Antroposófica; Plantas medicinais sob um olhar integrativo de racionalidades medicas; Fundamentos de Medicina Antroposófica – NUMA Unifesp; Especialista em Homeopatia e Farmácia Hospitalar.

 

Marcos Roberto Furlan: Mestre e Doutor pela UNESP – Botucatu. Engenheiro agrônomo. Professor nos cursos de graduação na Universidade de Taubaté (UNITAU) e na Faculdade Cantareira. Membro do mestrado em Ciências do Ambiente da UNITAU. Autor de artigos, livro e capítulos com os temas plantas medicinais, plantas condimentares, Pancs e fitoterapia.

 

Maysa Mariana Cruz: Farmacêutica, Mestre em Ciências (Biologia Química), Doutoranda andamento na área de Fisiologia e Bioquímica do tecido adiposo. Experiência com biologia celular, metabolismo do tecido adiposo, obesidade, Diabetes, inflamação, química, bioquímica, cosmetologia e homeopatia.

 

Ivana Stefanini Carreiro: Farmacêutica Bioquímica graduada pela Universidade Nove de Julho. Especialista em Homeopatia. Especialista em Antroposofia pela Associação Brasileira de Medicina Antroposófica – ABMA. Especialista em Varejo e Mercado de Consumo pela Fundação Instituto de Administração – FIA. Possui mais de 18 anos de experiência na área da saúde em farmácia magistral e indústria farmacêutica atuando nas áreas de atendimento, laboratório, treinamento, relacionamento médico e como gestora de rede de franquias. Com ampla experiência em gestão de pessoas, possui cursos relacionados a liderança, comunicação eficaz, inteligência interpessoal e técnicas de vendas de alto valor agregado.

 

Paula Leme: Nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, mestre pelo Departamento de Biologia Celular e do desenvolvimento no ICB – USP e pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional. Atua há 10 anos com atendimento e acompanhamento nutricional individual em consultórios e como Personal diet, tendo 5 anos de experiência em academias e consultoria nutricional.

 

 

Ao concluir seu curso de Pós-Graduação Lato Sensu, você recebe seu certificado (reconhecido pelo Mec) em apenas 60 dias úteis.

 

A Faculdade Ibeco é uma instituição de ensino superior devidamente credenciada pela Portaria/MEC nº 85, de 06 de fevereiro de 2018, publicada no D.O.U nº 27, de 07 de fevereiro de 2018, responsável pelos cursos de pós-graduação lato sensu e que expedirá e registrará o certificado a que farão jus os alunos em conformidade com a Resolução CNE-CES nº. 01, de 08 de junho de 2007 que Estabelece normas e diretrizes para o funcionamento de cursos de pós-graduação lato sensu, em nível de especialização.

O curso, assim como a matrícula do aluno de Pós-Graduação, lato sensu,  poderão ser cancelados principalmente  por falta de quórum ou número mínimo de alunos para formação da turma, conforme  divulgação do curso sendo que o aluno poderá solicitar a devolução do valor pago a título de matrícula.

O reembolso integral de quaisquer valores pagos referentes ao curso será feito em obediência e dentro dos prazos estabelecidos no Regimento Geral da Pós-Graduação, a contar da data de solicitação do mesmo, a ser feita na Secretaria da Pós-Graduação, pelo preenchimento de formulário específico; este reembolso só será feito ao próprio aluno, sem exceção.

O simples abandono do Curso, pelo aluno, sem a devida formalização do cancelamento de matrícula, não será considerado para esse fim, permanecendo devido, neste caso, o pagamento integral de todas as mensalidades do período letivo correspondente.

O candidato e ou aluno será avisado sobre o cancelamento com no mínimo 24 horas de antecedência à data prevista para o início do curso através do e-mail cadastrado na Secretaria da Pós Graduação. Antes de reservar sua passagem aérea e hospedagem, sempre entre em contato com o IBECO consultando a disponibilidade de vagas antes de realizar sua inscriç